Uni, duni, tê, salamê, minguê...

Uni, duni, tê, salamê, minguê...
Materiais a partir de textos da tradição oral

sexta-feira, 19 de março de 2010

Kit Adivinhas

ADIVINHAS 4 OPÇÕES



Esse kit de adivinhas consiste em um conjunto de perguntas das adivinhas e um repertório possível de resposta composto de 4 palavras para cada adivinha, indicadas pela cor. O jogo consiste em procurar, dentre as palavras daquele grupo (de mesma cor), a que responde à adivinha. As outras palavras são palavras que apresentam aspectos como: têm mesma letra inicial e/ou mesmo tamanho, a primeira vogal coincide ou inicia com a primeira vogal presente na resposta, apresenta número de letras correspondentes ao número de sílabas da resposta à adivinha, tem letras parecidas etc. Esses aspectos vão se constituir em desafios para o jogador que ainda não tem domínio de leitura, provocando a reflexão, a comparação, o uso dos conhecimentos de que dispõe sobre o sistema alfabético e de estratégias de leitura.

Como o desafio é reconhecer palavras sem ainda saber ler, decodificar termo a termo, antes de propor a atividade, é preciso conhecer as respostas das adivinhas em questão. Como ainda não leem e a tarefa é justamente tentar ler sem saber, as respostas já devem ser conhecidas, oralmente, de antemão, para que os alunos possam ajustar o escrito ao que sabem oralmente e, assim, encontrar a palavra que procuram, usando estratégias e conhecimentos diversos para se chegar ao reconhecimento da palavra que responde à adivinha.

Para tal, todo um trabalho inicial de exploração desses textos é preciso ser feito. A adivinha é um gênero cujo objetivo é desafiar, brincar, tentar descobrir...essa é a graça...

O que é, o que é?
É meu, mas meus amigos
usam mais do que eu?

Assim, as adivinhas devem ser ditas ou lidas e as respostas buscadas. O professor pode propor que tentem descobrir oralmente, coletivamente ou em pequenos grupos, as respostas, pode dar dicas, ajudar. Depois das sugestões, dos palpites das crianças (ou adultos), se ninguém acertar, a professora diz a resposta da adivinha, relendo-a para que a pergunta seja ressignificada. Quando os alunos souberem todas as respostas, pode-se, então, dar início à atividade de leitura. Evidentemente, outras atividades com as adivinhas, essas e outras, podem ser propostas, de leitura, escrita, de produção de pequenos livros, gravações, de ilustração, enfim, uma série de possibilidades.

Pode-se jogar com esse kit de Adivinhas 4 Opções de várias maneiras. O objetivo, em todas as variantes é encontrar, para cada adivinha a resposta que lhe cabe dentre as quatro palavras do conjunto.

Pode-se colocar o conjunto de adivinha com suas quatro respectivas “possíveis respostas” em uma mesa e pedir que cada mesa encontre a resposta da adivinha entre aquelas palavras. No caso de não ter nenhum aluno que já tenha certo domínio de leitura em cada grupinho, a professora lê as adivinhas de cada mesa. Caso tenha, ele pode ficar com a tarefa de ler a adivinha, mas não deve ajudar na leitura das candidatas a resposta. Pode-se também, do mesmo modo, dar um conjunto para cada dupla ou apresentar todas no centro de uma roda ou de uma mesa grande e todos irem fazendo coletivamente.

Nos grupos em que a maioria das crianças já reconhece palavras com mais facilidade, a tarefa fica mais desafiante se não sabem as respostas de antemão. Para os grupos em que muitos já leem com autonomia, não há maiores desafios em reconhecer as palavras.

Há ainda outras formas de jogar, por exemplo, podem-se distribuir as palavras (as respostas certas e as outras) entre as mesas e a professora ler as adivinhas para o grupo todo. O grupinho que tiver aquela resposta deve se manifestar. Para ficar mais desafiante, a professora pode não indicar a cor do conjunto. Vai depender do nível da turma decidir se os alunos devem ou não saber oralmente as respostas de antemão. Se for um grupo ainda não alfabetizado é preciso que saibam.

Para uma turma que ainda não tem o domínio da leitura pode-se retomar a atividade outros dias, fazendo uma lista das respostas, e relendo as perguntas, pedir que encontrem as respostas na lista. Eles usarão, para esta tarefa, os indícios gráficos, as estratégias de leitura, os conhecimentos que têm sobre o sistema de escrita, a relação com nomes próprios e até mesmo o reconhecimento global, quando a palavra começar a fazer parte do repertório conhecido de palavras convencionalmente escritas.

É isso, esse é um jogo do qual gosto muito... e as crianças também. Como as adivinhas são também parte do repertório cultural de muitas comunidades, também é bastante interessante para a alfabetização de jovens e adultos.

E não esqueçam de adivinhar muito, brincar e desafiá-los, antes de oferecer o kit para jogarem, tá?

Algumas sugestões de adivinhas:

O que é, o que é?
Que as crianças fazem,
mas a gente não vê?

barulho baralho bagunça aluno
O que é, o que é?
Tem coroa
mas não é rei?

abacaxi abacate avião ave
O que é o que é?
Quando parte uma, partem as duas,
quando chega uma, chegam as duas?

pernas penas emas perto
O que é, o Que é?
É meu, mas meus amigos
usam mais do que eu?
nome nove homem ovo

O que é que?
quanto mais se perde,
mais se tem?

sono sino osso som
O que é, o que é?
feito pra comer,
mas não come?

garfo girafa garra aro
O que é, o que é?
Tem linha, mas não é carretel,
fala, mas não tem boca,
ouve, mas não tem ouvido?
telefone tela televisão elefante

O que é, o que é,
Que sobe e desce
e não sai do lugar?

escada sacada escola ela
O que é que salta,
dá um espirro
e vira pelo avesso?

pipoca poca oca patota
O que é que
por mais que seja cortado
fica do mesmo tamanho?

baralho ralo barulho balaio

O que fica molhado
na hora que seca?
toalha tomada tala olha

5 comentários:

  1. Lica,
    Estou encantada com o seu trabalho, certamente ele irá me ajudar na Alfabetização das crianças. Muitas vezes fico preocupada com algumas crianças que não avançam. E seu material vai me ajudar. Deus te abençoe e aumente os seus dons e que te faça muito feliz em todos as suas ecolhas.
    Um grande beijo
    Aline Limaverde

    Obs: Estou aos poucos construindo o meu blog também,dá uma olhadinha.
    http://lilicalimaverde.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Aline,
    Que bom saber que posso contribuir com a prática pedagógica de vocês, através dessa ferramenta.
    Realmente é de uma riqueza inestimável podermos partilhar nossas experiências, nossas invencionices com as crianças. E você já começou a fazê-lo com seu blog. Fui lá e gostei do que vi.
    Tanta coisa bonita que fazemos, que as crianças fazem, e que ficam guardadas, vistas só por tão poucos, né? É bom poder mostrar, partilhar. É importante nessa nossa profissão tão desvalorizada. Mostre mais!
    Beijos,
    Tudo de bom,
    E visite sempre...
    Lica

    ResponderExcluir
  3. Hoje gostaria de compartilhar com todos uma grande felicidade...
    Tenho um aluno na sala que todos falavam na escola que nunca iria se alfabetizar e já estava até perdendo as esperanças, pois o ano já está quase no final...
    Pois bem.... Sempre estou utilizando os materiais aqui propostos... E ele sempre demonstrou muito interesse...
    Na semana passada quando estávamos trabalhando com o jogo ADIVINHAS 4 OPÇÕES ele estava lendo tudo... Assim do nada... Mas acreditei que já tivesse decorado as perguntas e as respostas, pois sempre trabalhamos com vários jogos propostos aqui no blog...
    Quando fiz a sondagem... Para minha surpresa ele escreveu e leu todas as palavras... Nossa!!! Tomei um susto... Foi tudo tão rápido... Em um mês ele apenas reconhecia o som das vogais nas palavras... E agora já está lendo e escrevendo...
    No inicio do ano tinha uma sala com 32 alunos sendo que a grande maioria estava pré-silábico e sem valor... Hoje tenho 27 alunos lendo e escrevendo e detalhe... sabendo o que está lendo... E apenas 4 com valor sonoro...
    Agradeço muito por ter encontrado este blog... Que tem feito uma grande diferença em minha profissão e acreditem em minha vida, pois me proporciona momento incríveis de felicidade... Muiiiito obrigada Lica por tudo... Um grande abraço a todos... Lílian

    ResponderExcluir
  4. Lilian,
    Que alegria saber que a proposta dos materiais tem favorecido boas interações, descobertas e aprendizados na sua turma. Além de proporcionar ricas reflexões, acredito que para algumas crianças essa aproximação mais prazerosa com a leitura e a escrita através de jogos e textos tenha um papel relevante sim nos seus avanços.
    Junto com a condução do professor - sua condução, no caso - e com outros aspectos do trabalho pedagógico, os materiais e jogos podem ser uma boa alternativa metodológica para a alfabetização.
    Fico muuuuuuuito contente de saber tem sido produtivo para você na sua sala de aula, emocionada mesmo de estar de algum modo chegando nos meninos, já que eu mesma não tenho uma sala de alfabetização.
    Muito obrigada por seu depoimento, a mim também me proporcionou essa felicidade que cada educador sabe como é que é.
    Um beijo grande,
    Continuemos nossas trocas,
    Lica

    ResponderExcluir